sábado, 3 de julho de 2010

Desenho Técnico e Engenharia de Produção

Paulo Afonso Petry

Resumo

O presente artigo tem como objetivo salientar através desta pesquisa, a importância de desenho técnico para as empresas na área da engenharia. Ressalta que antes da projeção da produção precisa ser feito uma analise dos desenhos desenhos pra depois colocar em pratica, para que seja produzido.

Palavras-chave: Desenho Técnico. Engenharia. Projetos.


Introdução


O termo desenho técnico é o meio de expressar dimensões, formas, tolerâncias e medidas de peças a ser fabricadas. Para as projeções é necessária a utilização de computadores e programas como software, que facilitam a representação gráfica do desenho em si.
São utilizados principalmente, nas áreas da engenharia, iniciando com um esboço para ser analisado e descrito no computador e após, são elaborados os desenhos preliminares que correspondem ao estágio intermediário dos estudos que são chamados de anteprojeto.
Assim como a linguagem verbal escrita exige alfabetização, a execução e a interpretação da linguagem gráfica do desenho técnico exigem treinamento específico.
Nos trabalhos que envolvem os conhecimentos tecnológicos de engenharia, a viabilização de boas idéias depende de cálculos exaustivos, estudos econômicos, análise de riscos etc. que, na maioria dos casos, são resumidos em desenhos que representam o que deve ser executado ou construído ou apresentados em gráficos e diagramas que mostram os resultados dos estudos feitos.
O texto está estruturado em quatro subcapítulos principais. No primeiro, o conceito específico de desenho técnico, no segundo, aborda a origem do desenho técnico. No terceiro, o que vem a ser o desenho técnico na engenharia. Por último, as conclusões apresentadas vistam como forma ampliada da engenharia e seus projetos realizados nas indústrias.







1 Conceito de Desenho Técnico


O desenho técnico é uma forma de expressão gráfica que tem por finalidade a representação de forma, dimensão e posição de objetos de acordo com as diferentes necessidades requeridas pelas diversas modalidades de engenharia e também da arquitetura.
Para o autor Ribeiro (2003, p.1) “utilizando-se de um conjunto constituído por linhas, números, símbolos e indicações escritas normalizadas internacionalmente, o desenho técnico é definido como linguagem gráfica universal da engenharia e da arquitetura. Assim como a linguagem verbal escrita exige alfabetização, a execução e a interpretação da linguagem gráfica do desenho técnico exige treinamento específico”.
Já para o autor Santos (2008, p.8), define desenho técnico como “representado por meio de símbolos e sinais, esquematizando imagens, tornou-se possível expressar idéias”.
O desenho representa uma técnica que é usada para a realização do que a mente humana cria dentro de si mesma. O desenho é fundamento e a linguagem básica e da indústria na transmissão dos projetos e idéias.
Para Ribeiro (2003, p.1) “o desenho técnico é uma forma de expressão gráfica que tem por finalidade a representação de forma”.
Ainda para Santos (2008, p.8) “ com o surgimento e desenvolvimento sucessivo de ferramentas, se seguiram procedimentos de expressão gráfica, começando de um modo totalmente omorfo e aperfeiçoando-se transcurso dos séculos e tomando, com o desenvolvimento das técnicas, formas cada vez mais precisas e praticas”.


















2 A Origem do Desenho Técnico


Desde os primeiros tempos da historia da humanidade, manifestou-se entre os homens a necessidade de se comunicar uns aos outros. Assim, chegou-se a um nível elevado de desenvolvimento das línguas civilizadas do nosso tempo.
Para o autor Ribeiro (2003, p.2) o desenho técnico evoluiu “ no século XVII, por patriotismo e visando facilitar as construções de fortificações, o matemático francês Gaspar Monge, que além de sábio era dotado de extraordinária habilidade como desenhista, criou, utilizando projeções ortogonais, um sistema com correspondência biunívoca entre os elementos do plano e do espaço. O sistema criado por Gaspar Monge, publicado em 1795 com o título “Geometrie Descriptive” é a base da linguagem utilizada pelo Desenho Técnico. No século XIX, com a explosão mundial do desenvolvimento industrial, foi necessário normalizar a forma de utilização da Geometria Descritiva para transformá-la numa linguagem gráfica que, a nível internacional, simplificasse a comunicação e viabilizasse o intercâmbio de informações tecnológicas.
Já Santos (2008, p.8) “com o alcance da fala, surgiram possibilidades de imagens através do desenho, como o mais eficiente meio de expressão e registro de idéias”.
























3 Desenho Técnico e a Engenharia

É fundamental para ao profissional de engenharia que exerce funções que necessitam de criatividade, leitura e idéias para colocar em pratica nos projetos que a empresa apresenta nas produções industriais.
Ribeiro afirma que (2003, p. 6) “nos trabalhos que envolvem os conhecimentos tecnológicos de engenharia, a viabilização de boas idéias depende de cálculos exaustivos, estudos econômicos, análise de riscos etc. que, na maioria dos casos, são resumidos em desenhos que representam o que deve ser executado ou construído ou apresentados em gráficos e diagramas que mostram os resultados dos estudos feitos”.
Ainda para Ribeiro (2003, p.8) é “todo o processo de desenvolvimento e criação dentro da engenharia está intimamente ligado à expressão gráfica. O desenho técnico é uma ferramenta que pode ser utilizada não só para apresentar resultados como também para soluções gráficas que podem substituir cálculos complicados. Apesar da evolução tecnológica e dos meios disponíveis pela computação gráfica, o ensino de Desenho Técnico ainda é imprescindível na formação de qualquer modalidade de engenheiro, pois, além do aspecto da linguagem gráfica que permite que as idéias concebidas por alguém sejam executadas por terceiros, o desenho técnico desenvolve o raciocínio, o senso de rigor geométrico, o espírito de iniciativa e de organização”.
Conclusão

Com este trabalho conclui que o desenho técnico está inteiramente ligado com os projetos da engenharia. E que, é necessário para que a empresa e ou industrias estejam ligadas diretamente com o engenheiro da produção.
Para analise dos desenhos técnico é necessário que se tenham projetos e facilite a pesquisa do engenheiro.
Todos os projetos precisam ser analisados e avaliados pelos engenheiros que exercem uma função que necessita de criatividade, para que possa possibilitar o entendimento do desenho técnico na prática.






















Referências

RIBEIRO, Antonio. Introdução ao desenho técnico. 2003.

SANTOS, Dermeval. Desenho técnico. 2008: Editora UPF.


INTERNET:

SITE: www.engenharia.com.br

SITE: www.google.com.br

SITE: www.google.com.br/imagens

Leia Mais...

Resto do Post

Nenhum comentário: